Escolhendo amigos

As escolhas são, de fato, uma parte crucial da nossa caminhada. Escolhas erradas podem definir toda uma trajetória de fracassos e causar muita dor não apenas aos que escolhem, mas também aos que são envolvidos nelas.

Nesta série iremos abordar algumas escolhas erradas e fazermos uma breve reflexão de como evitar tais erros. hoje iremos abordar a importância de escolher os amigos certos.

  1. Aprenda verificar se gostaria de que as pessoas que estão ao seu lado hoje fizessem parte do seu amanhã.

A maioria das pessoas que estão em nossas vidas, podem se relacionar com a nossa história, no entanto, isto não quer dizer que elas devem estar ligadas ao nosso destino, leve com você aquelas que irão ajudar na confecção do seu futuro. Lembre-se da mulher de Ló? Ela relutou em abandonar suas conexões com as pessoas de Sodoma, isto lhe custou o preço do seu futuro.

2. Verifique os diferentes tipos e tamanhos de círculos de relacionamentos.

Jesus não levou os 5.000 que havia alimentado no milagre da multiplicação dos pães e peixes para o Monte da Transfiguração, ele também não levou os 70 discípulos para o Jardim do Getsêmani . É impossível ter um milhão de amigos, a vida real não é como no Facebook onde se possui milhares de pessoas, mas mesmo assim nunca falamos com a metade delas. O problema é não diferenciar os diferentes círculos de amizades; não compreender a diferença entre amigos virtuais e reais, saber quem pode estar contigo nas vitórias, quem pode estar ao seu lado nas horas das lágrimas, quem deve estar ao seu lado no trabalho e quem poderá estar em sua casa e se sentar em sua mesa.

Jesus chamou a muitos , comissionou e enviou 70 (Lc. 10.1-11), disciplinou 12, mas só 3 estiveram com ele na sua maior aflição e vergonha. Pense nisto

3. Estabeleça os limites

Você deve ter uma compreensão completa do seu mundo, das suas ações e comprometimentos. Para compreendê-lo, você precisa primeiro ter o controle sobre ele, ou seja em suas decisões em decidir quem entra e quem sai da sua vida. Estabeleça suas fronteiras, que no inglês é o vocábulo Border que significa limites. Controlar o seu mundo significa você ser responsável por você suas decisões, suas opiniões, suas crenças, e saber que você sofre influencia direta daqueles que convivem com você, daqueles que estão perto de mais a ponto de te afetar positivamente, ou negativamente.

Responda agora pra si mesmo se seus amigos se encaixam nos quesitos acima,

  • você gostaria de que eles fizessem parte do seu futuro?
  • Em qual circulo de amizade eles se encaixam? íntimo, próximo, afastado ou longe?
  • será que eles estão na fronteira certa em sua vida?

Espero que estas pequenas dicas possam ter te ajudado a escolher seus amigos. Lembre-se a família é algo que você nasce com ela, mas os amigos é você quem escolhe. A família nem sempre você terá para o resto da vida, mas os bons amigos sempre estarão por perto quando você precisar.

By Júlio César Medeiros

2 comentários em “Escolhendo amigos”

  1. Obrigado por mais um ensinamento, acredito que sempre seremos amigos e com isso construir um mundo melhor e mais educado prós nossos filhos.

Deixe uma resposta para Adicionar Amaral Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.