O papel das mulheres na crucificação de Jesus

(Texto sugerido como subsidio ao professor da EBD, para ser usado na lição 13 do do 3 trimestre 2019 que fala sobre as mulheres na crucificação de Jesus. )

Por: Raquel Mendes) 

“As mulheres é que estavam mais próximas de Jesus nos momentos finais de sua vida. Sim, as mulheres!
Maria sua mãe, Maria Madalena e tantas outras estavam ao pé da cruz! Quase todos os discípulos fugiram, com medo. Porém, depois que Jesus saiu do pretório romano, só as mulheres estavam presente a cada passo do sofrimento de Jesus!
Maria Madalena, mencionam que ela era provavelmente uma prostituta que foi livrada de apedrejamento, porque Jesus a defendeu, correndo o risco de ser morto para proteger Maria Madalena, dizendo a sociedade que ela era um ser humano único, acolhendo-a sem que nada em troca pediu. Daí em diante, sua vida ganhou novo significado, aprendeu amar o seu Mestre Jesus e também as pessoas.
Maria Madalena assistiu a morte de Jesus e, chorava em prantos, queria ela abraçar Jesus, mas fora impedida, porque sabia que ele iria fazer falta nas suas intruções ao desejo de Deus. Não acreditava que aquele que mudou a sua vida e de tantas pessoas estava morrendo de maneira tão brutal! Seu choro fazia um coro de prantos com as centenas de mulheres! Para aquelas mulheres, parecia um sonho ver Jesus, que tão forte e inteligente, morresse como o mais vil criminoso!!

As mulheres no sepulcro


Com toda essas tristes cenas as mulheres, estavam ali firme! Como acontece nos dias de hoje! Mulheres presentes e todos os lugares na sociedade!
O desespero das mulheres, ao redor da cruz, abalava a estrutura emocional dos soldados romanos. Nunca um crucificado partiu o coração de pessoas de tantas origens, pensavam assim os soldados romanos!
Contemplar a morte de Jesus era um árduo desafio! Só pessoas fortes estavam ao pé da cruz… As mulheres!
A crença de que as mulheres são mais frágeis que os homens é uma inverdade!
Elas amam mais, são mais poéticas, mais sensíveis, doam mais e vivem intensamente as dores do próximo, mais do que os homens! São paradoxalmente mais frágeis e ao mesmo tempo mais fortes do que os homens!!
Depois de tudo isso, afirmo ainda que, as mulheres são mais éticas, causam menos transtornos sociais e cometem menos crime, basta fazer uma leitura no mundo político, no meio da corrupção, a sua presença é um fiasco em relação aos homens!
Bravas mulheres, estão presentes em todos os lugares!”

(Raquel Mendes, presidente da Rede de Mulheres de Negócios, mestra em Ciência da Educação e doutoranda em Direito Civil)

extraído de:
https://www.dm.com.br/opiniao/2015/03/as-mulheres-e-jesus-ao-pe-da-cruz/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.