Comentário da Lição 4 – Enfrentando o transtorno do sono da EBD BETEL

 

1º Trimestre de 2019, ano 29 nº 110

ENFERMIDADES DA ALMA II

Este é um esboço da lição número 4. Um subsidio a mais para os professores e Superintendentes de EBD que quiserem se aprofundar mais no tema e de forma algum substitui o material da Revista, que deve ser comprado na Editora Betel, este esboço é apenas um simples complemento e auxilio a superintendentes,  professores e alunos.

Autor da lição: Pr. Israel Maia

Obs. Os textos neste esboço não são copiados da revista a fim de não ferir os direitos do autor e da Editora publicadora, afinal, cada individuo deverá ter sua própria revista

Lição 4 – Enfrentando o transtorno do sono

Nome:________________________________ Classe:_______________data:____________ igreja:___________________________Tempo de aula:_____________ Recursos Didáticos:__________________________________________

Texto Áureo:

Salmos 4:8

(8)  Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, SENHOR, me fazes habitar em segurança.

Verdade Aplicada

“É muito importante buscar ter um boa noite de sono, pois é essencial para a saúde e  melhoria da qualidade de vida”

Objetivos:

  1. Revelar o perigo de uma noite mal dormida;
  2. Mostrar o que fazer para tratar o transtorno do sono
  3. Ensinar como equilibrar as nossas atividades para não sofrermos este mal

(Destaque a importância dos três verbos citados: Revelar, Mostrar e ensinar, ao final da sua aula, você deverá ter atingido estes três pontos.

A tônica desta lição está no Equilíbrio, conforme o objetivo número 3. Você poderá basear toda a sua aula neste ponto, mostrando a importância de uma vida equilibrada para manutenção de uma mente saudável)

Texto de Referência:

Salmo 4. 1-8

Veja outras referências Bíblicas sobre o assunto para embasar melhor o texto referência: Sl. 3:5, Sl.16:8; Jó 11:18-19; Pv. 3:24; Ap. 14:13; Especificamente sobre o verso 8: Lv. 25:18-19, Lv. 26:5; Dt. 12:10, Dt. 33:27-29; Ez. 34:25; Os. 2:18; Rm. 8:35-39.

Introdução

O autor aborda a “perda de produtividade”, no mundo moderno, não apenas no trabalho, mas também na igreja. Pergunte à classe se eles já perceberam alguém deixou de ser produtivo na igreja ou se existem problemas até mesmo na EBD, em decorrência do horário, ou seja, se os irmãos costumam perder a hora da EBD. Problematize este fato levantando a possibilidade de que muitos dos irmãos não conseguem ir à EBD por não dormirem à noite. Pronto, está aí o seu link, ou seja, o seu chamariz para despertar a atenção do aluno para a aula.

1. Um sofrimento não identificado

O autor ressalta que é normal vermos pessoas com dificuldade e que as mesmas afetam  negativamente a saúde da alma e do corpo, por isto é necessário que se tenha um bom sono para que o corpo descanse e possa se refazer para o dia seguinte. Você poderá acrescentar que, quando isto não acontece, ou seja, não ocorre o descanso necessário, as seguintes coisas ocorrem:

a. Irritabilidade;

b. Estresse;

c. Diminuição na capacidade de aprendizado;

d. Diminuição da produtividade;

e. Cansaço ao longo dia;

E finalmente, pode gerar o distúrbio do sono, se tornando em um problema crônico.  diminui a produtividade.

1.1. Coisas que nos fazem perder o sono

O autor analisa o Salmo 4 como um exemplo de alguém que passa por grande angustia. Você poderá acrescentar que Estamos vivendo dias conturbados, dias difíceis, dias de muitas tubulações e de muita violência. O homem tem se tornado extremamente sanguinário. Pessoas hoje já não têm segurança nas ruas e nem mesmo dentro das suas casas estão seguros. Quem saí às ruas não têm certeza se voltam. Milhares de tragédias acontecem o tempo todo, os dias atuais são difíceis. Os dias do salmista também eram violentos, mas ele podia descansar no Senhor, pois ele acredita que dormir em paz é muito mais do que ter segurança física, trata da segurança do espírito tranquilo, de uma segurança emocional, trata se de dormir em paz com a sua própria consciência e saber que praticou o bem durante o dia, que fez tudo quanto era possível fazer e o Senhor abençoou o seu sono

1.2. Um perigo real

O autor destaca a insônia com um incomodo significativo, e frisa categoricamente o que é insônia ao ressaltar que “só deve ser considerada insônia se ocorrer ao menos e vezes por semana e por não menos de um período de 3 meses”. Se isto ocorrer, deve se procurar identificar o motivo para a insônia e procurar trata-la.

Um outro ponto importante que o autor ressalta é que a igreja não pode ser um dos motivos para esta insônia. Destaque em classe que a igreja não deve ser um lugar de adoecimento e sim um lugar saudável. A igreja não pode se tornar um problema e sim numa bênção. Quando isto não acontece, é hora de tirar o pé do acelerador, buscar ao Senhor e perceber que a obra de Deus não trazer sofrimento a ponto de lhe tirar o sono. Se isto está acontecendo com você, cuidado! (Fl. 4.6)

1.3. O risco do Trabalho excessivo

Neste ponto, o autor fala sobre o trabalho material e como ele, de forma excessiva pode trazer tais transtorno. Leia os textos da referência deste esboço, logo após o texto base, eles te darão subsídios para poder comentar sobre a importância do equilíbrio em todas as áreas da vida, inclusive no trabalho e que

2.Vivendo noites mal dormidas

O que fazer quando não se consegue dormir? Neste tópico o autor nos dá alternativas para se tentar evitar ou até mesmo reverter um quadro de Transtorno do sono.

.

2.1. Convivendo com este mal

O transtorno do sono tem afetado até mesmo a igreja, dormir em horários impróprios ou ficar na cama, rolando de um lado para o outro sem dormir, é um alerta grave para o desenvolvimento de um problema crônico, como vimos no tópico um deste esboço,

Dados sobre o problema do sono, na atualidade.

  • Dr. Maurício da Cunha Bagnato, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, afirmou, em entrevista a este Portal Dráuzio Varella, que cerca de 30% a 40% dos indivíduos sofrerão insônia em alguma fase da vida.
  • Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros sofrem de insônia.

“Há dois tipos de insônia: aguda e crônica. A insônia aguda é caracterizada pela dificuldade em pegar no sono diante de uma situação de estresse, como problemas no casamento ou perda de um ente querido.

A insônia crônica, mais comum nas faixas etárias mais avançadas, atinge de 30% a 50% da população e constitui um problema de saúde pública, segundo o neurofisiologista Flávio Alóe, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HCFMUSP)”(Fonte: https://drauziovarella.uol.com.br/neurologia/insonia-2/)

2.2.   Um medo noturno inexplicável

O autor alerta que algumas pessoas sofrem de um distúrbio chamado “terrhttps://gulho.com.br/?p=1491or noturno”, que consiste em crises, de estado súbito de alertas durante a noite com demonstrações autônomas, ou seja, sem que o individuo tenha controle sobre isto, de medo e pavor durante a noite, impedindo que se tenha uma noite de sono a contento. Explique o contexto do salmo 91 e a proteção divina contra todos os males.

2.3. A perda do sono por causa do Pecado.

O caso de Saul é emblemático sobre isto. E autor demonstra como Saul, por pecar, passou por noites conturbadas. Destaque isto com sua turma e converse com eles sobre o fato de que o pecado gera intranquilidade na alma o que por sua vez prejudica o seu estado físico.

3.  Buscando o melhor tratamento

Agora que já foi identificado as causas do transtorno do sono, o autor passa a citar alternativas para minorar este mal. Nesta seção, trazemos alguns dos tipos de transtornos do sono mais comuns:

Distúrbio do sono (Mudanças nos padrões de sono ou nos hábitos que podem afetar negativamente a saúde).

•          Síndrome das pernas inquietas. Condição caracterizada por um desejo quase irresistível de mover as pernas, geralmente à noite.

•          Jet lag. Distúrbio do sono que pode afetar pessoas que viajam rapidamente em vários fusos horários.

•          Narcolepsia. Distúrbio crônico do sono que causa sonolência diurna em excesso.

•          Terror noturno

•          Sonambulismo. O ato de se levantar e caminhar durante o sono.

•          Apneia obstrutiva do sono. Obstrução intermitente do fluxo de ar durante o sono.

•          Insônia. Problemas persistentes para dormir e permanecer dormindo. (Fonte:https://www.google.com.br/search?q=transtorno+do+sono&oq=transtorno+do+sono&aqs=chrome..69i57j0l5.4494j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8_acessado_em_20/01/2019)

3.1.          Cérebro regenerado pelo sono.

Frise em sua turma a importância do sono para o funcionamento do cérebro. Destaque ele é como um HD onde são armazenadas milhares de informações processadas durante o dia e que o momento da noite, quando se dorme, este “HD” é limpo, todas as informações inúteis são retiradas para que se tenha mais espaço para o processamento novas informações, bem como para restaurar as energias gastas no dia anterior. Se isto não ocorrer, os males poderão ser irreversíveis.

O ciclo do sono é um conjunto de fases que começam desde o momento em que a pessoa adormece e vão progredindo e tornando-se cada vez mais profundas, até o corpo entrar em sono REM.

Normalmente, o sono REM é o mais difícil de alcançar, mas é nessa fase que o corpo consegue realmente relaxar e na qual a taxa de renovação cerebral é maior. A maior parte das pessoas segue o seguinte padrão de fases de sono:

  1. Sono leve de fase 1;
  2. Sono leve de fase 2;
  3. Sono profundo de fase 3;
  4. Sono leve de fase 2;
  5. Sono leve de fase 1;
  6. Sono REM.

Depois de estar na fase REM, o corpo volta novamente à fase 1 e repete todas as fases até voltar novamente à fase REM. Este ciclo vai se repetindo ao longo de toda a noite, mas o tempo em sono REM vai aumentando em cada ciclo. O problema é que quando se tem o distúrbio do sono, a pessoa nunca chega ao sono REM, o sono reparador, por isto ele nunca consegue descansar efetivamente.

3.2.        Combatendo as causas externas

A prática de esportes a fim de se diminuir o estresse diário, o que aumenta os níveis de serotonina, um neurotransmissor regulando o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco e diminui o estresse.

  1. Evite ficar na cama se o sono não vem!, uma boa alternativa seria, levantar-se e buscar uma boa leitura.
  2. Procure ler algo,
  3. Não vá para a cama com celulares e aparelhos eletrônicos pois a radiação que eles transmitem inibem a serotonina e com isto, evitam o sono;
  4. Certifique-se de que o seu quarto está escuro, pois a serotonina é produzida em ambientes de pouca luz (por isto ao entardecer, geralmente, sentimos sono);
  5. Evite comer excessivamente à noite, pois alimentos pesados dificultam o sono.

3.3.        lidando com o cansaço emocional

O cansaço emocional, segundo o autor, atinge uma parcela da população entre os  20 e 60 anos. Quando o desgaste mental está avançado devido a uma vida de tribulações, muitos afazeres e desgaste emocional ao longo do tempo, o esgotamento físico gerado leva ao desanimo e por conseguinte ao abandono, paulatino de várias atividades até mesmo as prazerosas e ir à igreja pode estar no meio destas. Quando isto ocorre, ressalta o autor, deve se procurar ajuda médica e terapêutica.  

Conclusão

Muitas são as causas da falta de sono, no entanto devemos identificar e tratar de tais problemas e sempre buscar ajuda em Deus para termos boas e produtivas noites de sono e, procurarmos ajuda especializada quando necessário.

QUESTIONÁRIO

R1. O salmista passa por angustia e desespero;

R2. Que o que fazemos para Deus gera alegria em nosso coração (Sl.4.70

R3. Estar debaixo das asas do Altíssimo (Sl. 91.5-6)

R4. Um momento vivido por Saul após a unção de Davi

R5. A leitura Bíblica (Pv. 3.24)

Bibliografia:

Revista Betel Dominical. Enfermidades da Alma II. Lição 4. Enfrentando o transtorno do sono. 1º Trimestre de 2019, ano 29 nº 110.

Bíblia do Culto. Versão Almeida e Corrigida. Rio de Janeiro, Editora Betel, 2017.

https://www.tuasaude.com/serotonina/_consultado_em_20/01/19

https://www.google.com.br/search?q=transtorno+do+sono&oq=transtorno+do+sono&aqs=chrome..69i57j0l5.4494j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8_acessado_em_20/01/2019

http://neauerj.com/Anais/coloquio/marina.pdf_acessado_em_20/01/2019

http://www.zinplez.com/2015/02/26/dormir-para produzir/_acessado_em_20/01/2019.

https://drauziovarella.uol.com.br/neurologia/insonia-2/_acessado_em_20/01/2019

Assista a video aula da lição 4. Enfrentando

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.